Lote 430
Carregando...

Tipo:
Cristais

GOVERNADOR ALTINO ARANTES (BATATAIS, 29 DE SETEMBRO DE 1876 SÃO PAULO, 5 DE JULHO DE 1965) PRESIDENTE DO ESTADO DE SÃO PAULO NO PERÍODO DE 1916 A 1920. MOSER FAUSTOSO CONJUNTO DE TAÇAS EM CRISTAL DA MANUFATURA MOSER MODELO PAULA , ENCOMENDADO NA DECADA DE 1920. PROJETADO EM 1902 COMO PARTE DO MOVIMENTO ART NOUVEAU, O MODELO PAULA FOI ORIGINALMENTE CHAMADO ROSE DEVIDO AO SEU FORMATO FLORAL ÚNICO. A HASTE APRESENTA UM CORTE DE SEIS LADOS E O CORPO APRESENTA SEIS CHANFROS. DECORADO COM ROSAS EM TODA VOLTA GRAVADAS COM RODA DE COBRE ENTRELAÇADAS COM ESPINHOS E FOLHAS E ARREMATES EM OURO. UMA VERDADEIRA OBRA DE ARTE! ESSE BELO CONJUNTO É DOTADO DE 58 PEÇAS SENDO: 12 GRANDES TAÇAS PARA ÁGUA (24 CM DE ALTURA), 12 TAÇAS PARA VINHO TINTO (21 CM DE ALTURA), 10 TAÇAS PARA VINHO BRANCO (18,5 CM DE ALTURA), 12 LAVANDAS (13 CM DE DIAMETRO) E 12 PRESENTOIRS (17 CM DE DIAMETRO). NENHUMA DAS PEÇAS ESTÁ BICADA. NÃO POR ACASO O PADRÃO ELEGANTE E REQUINTADO SEDUZIU O PRESIDENTE ALTINO ARANTES. A HISTÓRIA DA AQUISIÇÃO DESSE APARELHO TEM ASPECTOS TÃO INTERESSANTES QUANTO SEU PRÓPRIO DESIGN PORQUE FOI NA MESA DE UM PAPA QUE ALTINO ARANTES O VIU PELA PRIMEIRA VEZ. A RELAÇÃO ENTRE ALTINO ARANTES E O VATICANO É HISTÓRICA. COMO DEPUTADO NA LEGISLATURA DE 1909-1911, DURANTE O GOVERNO NILO PEÇANHA ENCAMPOU A BANDEIRA DE SE OPOR À SUPRESSÃO DA REPRESENTAÇÃO DIPLOMÁTICA BRASILEIRA AO VATICANO O QUE PERMITIU QUE A REPRESENTAÇÃO BRASILEIRA JUNTO À SANTA SÉ FOSSE ELEVADA AO NÍVEL DE EMBAIXADA ALGUNS ANOS DEPOIS EM 1919. AS PÁGINAS DO DIÁRIO ÍNTIMO DESSE POLÍTICO, UM DOS COADJUVANTES DA CONDUÇÃO DO BRASIL DURANTE A TRANSIÇÃO DA REPÚBLICA VELHA PARA O PERÍODO DA PRÉ REVOLUÇÃO E DO ESTADO NOVO, MOSTRAM UM HOMEM DE FÉ E RELIGIÃO. MUITAS PEREGRINAÇÕES, ROMARIAS E UMA RELAÇÃO MUITO PRÓXIMA A SANTA SÉ. TAL É A PROXIMIDADE QUE FOI CONVIDADO A JANTAR COM O PAPA PIO XI (1922-1939) NO VATICANO. O PAPA PIO XI FOI UM GRANDE ADMIRADOR DA PRODUÇÃO DA CRISTALLERIE MOSER. LOGO QUE ASSUMIU O PAPADO, EM 1923, O PAPA ENCOMENDOU UM GRANDE SERVIÇO DE CRISTAL MOSER MODELO SCHONBRUNN. O DESIGN DESSE PADRÃO CRIADO EM 1916 FOI INSPIRADO NA ARQUITETURA DO GLORIOSO PAVILHÃO CONSTRUIDO EM 1775 PARA COMEMORAR A VITÓRIA DA AUSTRIA SOBRE A PRUSSIA NA BATALHA DE KOLIN. UM GRANDE CONJUNTO COM DUZENTAS E VINTE E QUATRO PEÇAS GRAVADAS COM AS ARMAS PAPAIS FOI ENCOMENDADO PARA GUARNECER A MESA DO PONTÍFICE. LEO MOSER ENTÃO REBATIZOU O PADRÃO SCHONBRUNN COMO POPE E O RESULTADO FOI ACLAMAÇÃO MUNDIAL AO MODELO. A RELAÇÃO ENTRE PIO XII E MOSER ESTREITOU-SE E OUTRAS ENCOMENDAS FORAM FEITAS A CRISALLERIE. VOLTEMOS AO JANTAR DE ALTINO ARANTES COM PIO XI. NESSA OCASIÃO O SERVIÇO DE CRISTAIS UTILIZADO FOI O MODELO PAULA STEMWARE. TAL O ENCANTAMENTO COM A BELEZA DAS TAÇAS QUE O CONVIDADO PERGUNTOU QUE CRISTAIS ERAM AQUELES TÃO BONITOS E GRACIOSAMENTE LHE FOI RESPONDIDO QUE ERAM CRISTAIS MOSER. FOI ENTÃO QUE ALTINO ARANTES PARA REMEMORAR AQUELE JANTAR TÃO SIGNIFICATIVO FEZ SUA ENCOMENDA DO SERVIÇO ORA APRESENTADO EM PREGÃO. MUITOS OUTROS LANCES AINDA ENVOLVERIAM A INFLUENCIA DE ALTINO ARANTES JUNTO A PIO XII. COMO AMIGO DE OSWALD DE ANDRADE E TARSILA DO AMARAL VIAJARAM JUNTOS PARA EUROPA E ORIENTE NO INICIO DE 1926, NESSA OCASIÃO ALTINO ARANTES INTERVIU PARA QUE O PAPA RECEBESSE EM AUDIÊNCIA A OSVALD DE ANDRADE QUE SOLICITAVA UMA BENÇÃO PAPAL PARA A ANULAÇÃO DO PRIMEIRO CASAMENTO DE TARSILA DO AMARAL COM ANDRÉ TEIXEIRA PINTO. A AUDIÊNCIA ACONTECEU E POUCOS MESES DEPOIS O CASAL OFICIALIZOU SUA UNIÃO EM 30 DE OUTUBRO DE 1926 COM A PRESENÇA DE ALTINO ARANTES E DO PRESIDENTE WASHINGNTON LUIZ (VIDE FOTO DA VIAGEM COM TARSILA, OSWALD DE ANDRADE E DE ALTINO ARANTES, NA EXTREMIDADE DIREITA DA IMAGEM NOS CRÉDITOS EXTRAS DESSE LOTE). ACOMPANHA DOCUMENTO DE TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE DA NETA DO GOVERNADOR DONA TEREZA CHRISTINA ARANTES JUNQUEIRA CONFIRMANDO A AUTENTICIDADE DO ENCOMENDANTE, DR. ALTINO ARANTES MARQUES.NOTA: Altino Arantes nasceu em Batatais (SP) no dia 29 de setembro de 1876, filho do coronel Francisco Arantes Marques e de Maria Carolina de Arantes. .Formado pela Faculdade de Direito de São Paulo em 1895, elegeu-se deputado federal pelo Partido Republicano Paulista (PRP) para as legislaturas de 1906-1908 e 1909-1911. Em 1911 renunciou seu mandato para assumir a Secretaria de Negócios Interiores de São Paulo. Permaneceu no cargo durante o governo de Rodrigues Alves (1912-1915), sendo também secretário interino da Fazenda e da Agricultura. Candidatou-se à vice-presidência do estado na chapa encabeçada por João Álvares Rubião Junior. Com o falecimento deste durante a campanha, substituiu-o como candidato a presidente. Eleito em março de 1916; governou São Paulo até 1920. Iniciou o governo do estado com o lema produzir e economizar. Foi um período histórico particularmente difícil para o mundo, para o Brasil e para São Paulo, que trouxe a seu governo a alcunha do "governo dos quatro gês", ("guerra", "greve", "geada" e "gripe" espanhola). Essas dificuldades enfrentou com altivez. Após deixar o governo paulista em 1920, retornou à Câmara Federal em 1921. Altino Arantes ali permaneceu como deputado até a Revolução de 1930. Neste ano, chefiou a Comissão de Reconhecimento de Poderes que examinou o resultado das eleições de março, tendo aprovado o não reconhecimento ("degola") em massa dos candidatos eleitos pela Aliança Liberal, oposicionista, na Paraíba e em Minas Gerais. Após a vitória da Revolução de 1930, em outubro, que levou Getúlio Vargas ao poder, Altino Arantes passou para a oposição. Em janeiro de 1932, foi um dos signatários de um manifesto do PRP em que este se pronunciava contra a "ditadura aliancista" e afirmava sua disposição de lutar por um novo regime republicano, constitucional e federativo. A crise entre São Paulo e o governo federal resultou na eclosão, em julho, do levante armado de 1932. Altino Arantes participou ativamente do movimento, tendo inclusive colaborado na preparação do plano da luta armada. Com a derrota da Revolução Constitucionalista em outubro, exilou-se em Lisboa. Em 1934, de volta ao Brasil, assumiu a presidência do PRP e chegou a concorrer às eleições indiretas para o governo de São Paulo, sendo entretanto derrotado. Após a queda do Estado Novo (29/10/1945), foi eleito deputado por São Paulo à Assembléia Nacional Constituinte em 1945 na legenda do Partido Republicano (PR). Posteriormente, ingressou no Partido Social Democrático e, por esse partido, candidatou-se à vice-presidência da República no pleito de 1950, na chapa encabeçada por Cristiano Machado. Contudo, obteve apenas a terceira colocação, ficando atrás dos candidatos João Café Filho, da aliança entre o Partido Trabalhista Brasileiro e o Partido Social Progressista, e Odilon Braga, da União Democrática Nacional. Morreu em São Paulo no dia 5 de julho de 1965.

Peça

Visitas: 155

Tipo: Cristais

GOVERNADOR ALTINO ARANTES (BATATAIS, 29 DE SETEMBRO DE 1876 SÃO PAULO, 5 DE JULHO DE 1965) PRESIDENTE DO ESTADO DE SÃO PAULO NO PERÍODO DE 1916 A 1920. MOSER FAUSTOSO CONJUNTO DE TAÇAS EM CRISTAL DA MANUFATURA MOSER MODELO PAULA , ENCOMENDADO NA DECADA DE 1920. PROJETADO EM 1902 COMO PARTE DO MOVIMENTO ART NOUVEAU, O MODELO PAULA FOI ORIGINALMENTE CHAMADO ROSE DEVIDO AO SEU FORMATO FLORAL ÚNICO. A HASTE APRESENTA UM CORTE DE SEIS LADOS E O CORPO APRESENTA SEIS CHANFROS. DECORADO COM ROSAS EM TODA VOLTA GRAVADAS COM RODA DE COBRE ENTRELAÇADAS COM ESPINHOS E FOLHAS E ARREMATES EM OURO. UMA VERDADEIRA OBRA DE ARTE! ESSE BELO CONJUNTO É DOTADO DE 58 PEÇAS SENDO: 12 GRANDES TAÇAS PARA ÁGUA (24 CM DE ALTURA), 12 TAÇAS PARA VINHO TINTO (21 CM DE ALTURA), 10 TAÇAS PARA VINHO BRANCO (18,5 CM DE ALTURA), 12 LAVANDAS (13 CM DE DIAMETRO) E 12 PRESENTOIRS (17 CM DE DIAMETRO). NENHUMA DAS PEÇAS ESTÁ BICADA. NÃO POR ACASO O PADRÃO ELEGANTE E REQUINTADO SEDUZIU O PRESIDENTE ALTINO ARANTES. A HISTÓRIA DA AQUISIÇÃO DESSE APARELHO TEM ASPECTOS TÃO INTERESSANTES QUANTO SEU PRÓPRIO DESIGN PORQUE FOI NA MESA DE UM PAPA QUE ALTINO ARANTES O VIU PELA PRIMEIRA VEZ. A RELAÇÃO ENTRE ALTINO ARANTES E O VATICANO É HISTÓRICA. COMO DEPUTADO NA LEGISLATURA DE 1909-1911, DURANTE O GOVERNO NILO PEÇANHA ENCAMPOU A BANDEIRA DE SE OPOR À SUPRESSÃO DA REPRESENTAÇÃO DIPLOMÁTICA BRASILEIRA AO VATICANO O QUE PERMITIU QUE A REPRESENTAÇÃO BRASILEIRA JUNTO À SANTA SÉ FOSSE ELEVADA AO NÍVEL DE EMBAIXADA ALGUNS ANOS DEPOIS EM 1919. AS PÁGINAS DO DIÁRIO ÍNTIMO DESSE POLÍTICO, UM DOS COADJUVANTES DA CONDUÇÃO DO BRASIL DURANTE A TRANSIÇÃO DA REPÚBLICA VELHA PARA O PERÍODO DA PRÉ REVOLUÇÃO E DO ESTADO NOVO, MOSTRAM UM HOMEM DE FÉ E RELIGIÃO. MUITAS PEREGRINAÇÕES, ROMARIAS E UMA RELAÇÃO MUITO PRÓXIMA A SANTA SÉ. TAL É A PROXIMIDADE QUE FOI CONVIDADO A JANTAR COM O PAPA PIO XI (1922-1939) NO VATICANO. O PAPA PIO XI FOI UM GRANDE ADMIRADOR DA PRODUÇÃO DA CRISTALLERIE MOSER. LOGO QUE ASSUMIU O PAPADO, EM 1923, O PAPA ENCOMENDOU UM GRANDE SERVIÇO DE CRISTAL MOSER MODELO SCHONBRUNN. O DESIGN DESSE PADRÃO CRIADO EM 1916 FOI INSPIRADO NA ARQUITETURA DO GLORIOSO PAVILHÃO CONSTRUIDO EM 1775 PARA COMEMORAR A VITÓRIA DA AUSTRIA SOBRE A PRUSSIA NA BATALHA DE KOLIN. UM GRANDE CONJUNTO COM DUZENTAS E VINTE E QUATRO PEÇAS GRAVADAS COM AS ARMAS PAPAIS FOI ENCOMENDADO PARA GUARNECER A MESA DO PONTÍFICE. LEO MOSER ENTÃO REBATIZOU O PADRÃO SCHONBRUNN COMO POPE E O RESULTADO FOI ACLAMAÇÃO MUNDIAL AO MODELO. A RELAÇÃO ENTRE PIO XII E MOSER ESTREITOU-SE E OUTRAS ENCOMENDAS FORAM FEITAS A CRISALLERIE. VOLTEMOS AO JANTAR DE ALTINO ARANTES COM PIO XI. NESSA OCASIÃO O SERVIÇO DE CRISTAIS UTILIZADO FOI O MODELO PAULA STEMWARE. TAL O ENCANTAMENTO COM A BELEZA DAS TAÇAS QUE O CONVIDADO PERGUNTOU QUE CRISTAIS ERAM AQUELES TÃO BONITOS E GRACIOSAMENTE LHE FOI RESPONDIDO QUE ERAM CRISTAIS MOSER. FOI ENTÃO QUE ALTINO ARANTES PARA REMEMORAR AQUELE JANTAR TÃO SIGNIFICATIVO FEZ SUA ENCOMENDA DO SERVIÇO ORA APRESENTADO EM PREGÃO. MUITOS OUTROS LANCES AINDA ENVOLVERIAM A INFLUENCIA DE ALTINO ARANTES JUNTO A PIO XII. COMO AMIGO DE OSWALD DE ANDRADE E TARSILA DO AMARAL VIAJARAM JUNTOS PARA EUROPA E ORIENTE NO INICIO DE 1926, NESSA OCASIÃO ALTINO ARANTES INTERVIU PARA QUE O PAPA RECEBESSE EM AUDIÊNCIA A OSVALD DE ANDRADE QUE SOLICITAVA UMA BENÇÃO PAPAL PARA A ANULAÇÃO DO PRIMEIRO CASAMENTO DE TARSILA DO AMARAL COM ANDRÉ TEIXEIRA PINTO. A AUDIÊNCIA ACONTECEU E POUCOS MESES DEPOIS O CASAL OFICIALIZOU SUA UNIÃO EM 30 DE OUTUBRO DE 1926 COM A PRESENÇA DE ALTINO ARANTES E DO PRESIDENTE WASHINGNTON LUIZ (VIDE FOTO DA VIAGEM COM TARSILA, OSWALD DE ANDRADE E DE ALTINO ARANTES, NA EXTREMIDADE DIREITA DA IMAGEM NOS CRÉDITOS EXTRAS DESSE LOTE). ACOMPANHA DOCUMENTO DE TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE DA NETA DO GOVERNADOR DONA TEREZA CHRISTINA ARANTES JUNQUEIRA CONFIRMANDO A AUTENTICIDADE DO ENCOMENDANTE, DR. ALTINO ARANTES MARQUES.NOTA: Altino Arantes nasceu em Batatais (SP) no dia 29 de setembro de 1876, filho do coronel Francisco Arantes Marques e de Maria Carolina de Arantes. .Formado pela Faculdade de Direito de São Paulo em 1895, elegeu-se deputado federal pelo Partido Republicano Paulista (PRP) para as legislaturas de 1906-1908 e 1909-1911. Em 1911 renunciou seu mandato para assumir a Secretaria de Negócios Interiores de São Paulo. Permaneceu no cargo durante o governo de Rodrigues Alves (1912-1915), sendo também secretário interino da Fazenda e da Agricultura. Candidatou-se à vice-presidência do estado na chapa encabeçada por João Álvares Rubião Junior. Com o falecimento deste durante a campanha, substituiu-o como candidato a presidente. Eleito em março de 1916; governou São Paulo até 1920. Iniciou o governo do estado com o lema produzir e economizar. Foi um período histórico particularmente difícil para o mundo, para o Brasil e para São Paulo, que trouxe a seu governo a alcunha do "governo dos quatro gês", ("guerra", "greve", "geada" e "gripe" espanhola). Essas dificuldades enfrentou com altivez. Após deixar o governo paulista em 1920, retornou à Câmara Federal em 1921. Altino Arantes ali permaneceu como deputado até a Revolução de 1930. Neste ano, chefiou a Comissão de Reconhecimento de Poderes que examinou o resultado das eleições de março, tendo aprovado o não reconhecimento ("degola") em massa dos candidatos eleitos pela Aliança Liberal, oposicionista, na Paraíba e em Minas Gerais. Após a vitória da Revolução de 1930, em outubro, que levou Getúlio Vargas ao poder, Altino Arantes passou para a oposição. Em janeiro de 1932, foi um dos signatários de um manifesto do PRP em que este se pronunciava contra a "ditadura aliancista" e afirmava sua disposição de lutar por um novo regime republicano, constitucional e federativo. A crise entre São Paulo e o governo federal resultou na eclosão, em julho, do levante armado de 1932. Altino Arantes participou ativamente do movimento, tendo inclusive colaborado na preparação do plano da luta armada. Com a derrota da Revolução Constitucionalista em outubro, exilou-se em Lisboa. Em 1934, de volta ao Brasil, assumiu a presidência do PRP e chegou a concorrer às eleições indiretas para o governo de São Paulo, sendo entretanto derrotado. Após a queda do Estado Novo (29/10/1945), foi eleito deputado por São Paulo à Assembléia Nacional Constituinte em 1945 na legenda do Partido Republicano (PR). Posteriormente, ingressou no Partido Social Democrático e, por esse partido, candidatou-se à vice-presidência da República no pleito de 1950, na chapa encabeçada por Cristiano Machado. Contudo, obteve apenas a terceira colocação, ficando atrás dos candidatos João Café Filho, da aliança entre o Partido Trabalhista Brasileiro e o Partido Social Progressista, e Odilon Braga, da União Democrática Nacional. Morreu em São Paulo no dia 5 de julho de 1965.

Informações

Lance

    • 18 lance(s)

    • R$ 13,000.00

  • Lote Vendido
Termos e Condições
Condições de Pagamento
Frete e Envio
  • TERMOS E CONDIÇÕES

    1ª. As peças que compõem o presente LEILÃO, foram cuidadosamente examinadas pelos organizadores que, solidários com os proprietários das mesmas, se responsabilizam por suas descrições.

    2ª. Em caso eventual de engano na autenticidade de peças, comprovado por peritos idôneos, e mediante laudo assinado, ficará desfeita a venda, desde que a reclamação seja feita em até 5 dias após o término do leilão. Findo o prazo, não será mais admitidas quaisquer reclamação, considerando-se definitiva a venda.

    3ª. As peças estrangeiras serão sempre vendidas como Atribuídas.

    4ª. O Leiloeiro não é proprietário dos lotes, mas o faz em nome de terceiros, que são responsáveis pela licitude e desembaraço dos mesmos.

    5ª. Elaborou-se com esmero o catálogo, cujos lotes se acham descritos de modo objetivo. As peças serão vendidas NO ESTADO em que foram recebidas e expostas. Descrição de estado ou vícios decorrentes do uso será descrito dentro do possível, mas sem obrigação. Pelo que se solicita aos interessados ou seus peritos, prévio e detalhado exame até o dia do pregão. Depois da venda realizada não serão aceitas reclamações quanto ao estado das mesmas nem servirá de alegação para descumprir compromisso firmado.

    6ª. Os leilões obedecem rigorosamente à ordem do catalogo.

    7ª. Ofertas por escrito podem ser feitas antes dos leilões, ou autorizar a lançar em seu nome; o que será feito por funcionário autorizado.

    8ª. Os Organizadores colocarão a título de CORTESIA, de forma gratuita e confidencial, serviço de arrematação pelo telefone e Internet, sem que isto o obrigue legalmente perante falhas de terceiros.

    8.1. LANCES PELA INTERNET: O arrematante poderá efetuar lances automáticos, de tal maneira que, se outro arrematante cobrir sua oferta, o sistema automaticamente gerará um novo lance para aquele arrematante, acrescido do incremento mínimo, até o limite máximo estabelecido pelo arrematante. Os lances automáticos ficarão registrados no sistema com a data em que forem feitos. Os lances ofertados são IRREVOGÁVEIS e IRRETRATÁVEIS. O arrematante é responsável por todos os lances feitos em seu nome, pelo que os lances não podem ser anulados e/ou cancelados em nenhuma hipótese.

    8.2. Em caso de empate entre arrematantes que efetivaram lances no mesmo lote e de mesmo valor, prevalecerá vencedor aquele que lançou primeiro (data e hora do registro do lance no site), devendo ser considerado inclusive que o lance automático fica registrado na data em que foi feito. Para desempate, o lance automático prevalecerá sobre o lance manual.

    9ª. O Organizador se reserva o direito de não aceitar lances de licitante com obrigações pendentes.

    10ª. Adquiridas as peças e assinado pelo arrematante o compromisso de compra, NÃO MAIS SERÃO ADMITIDAS DESISTÊNCIAS sob qualquer alegação.

    11ª. O arremate será sempre em moeda nacional. A progressão dos lances, nunca inferior a 5% do anterior, e sempre em múltiplo de dez. Outro procedimento será sempre por licença do Leiloeiro; o que não cria novação.

    12ª. Em caso de litígio prevalece a palavra do Leiloeiro.

    13ª. As peças adquiridas deverão ser pagas e retiradas IMPRETERIVELMENTE em até 48 horas após o término do leilão, e serão acrescidas da comissão do Leiloeiro, (5%). Não sendo obedecido o prazo previsto, o Leiloeiro poderá dar por desfeita a venda e, por via de EXECUÇÃO JUDICIAL, cobrar sua comissão e a dos organizadores.

    14ª. As despesas com as remessas dos lotes adquiridos, caso estes não possam ser retirados, serão de inteira responsabilidade dos arrematantes. O cálculo de frete, serviços de embalagem e despacho das mercadorias deverão ser considerados como Cortesia e serão efetuados pelas Galerias e/ou Organizadores mediante prévia indicação da empresa responsável pelo transporte e respectivo pagamento dos custos de envio.

    15ª. Qualquer litígio referente ao presente leilão está subordinado à legislação brasileira e a jurisdição dos tribunais da cidade de Campinas - SP. Os casos omissos regem-se pela legislação pertinente, e em especial pelo Decreto 21.981, de 19 de outubro de 1932, Capítulo III, Arts. 19 a 43, com as alterações introduzidas pelo Decreto 22.427., de 1º. de fevereiro de 1933.

  • CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

    À vista, acrescido da taxa do leiloeiro de 5 %.

    Através de depósito ou transferência bancária em conta a ser informada através do e-mail de cobrança.

    Não aceitamos cartões de crédito.

    Para depósitos em cheque, as peças serão liberadas para retirada/envio somente após a compensação.

  • FRETE E ENVIO

    Enviamos através dos Correios para todo o Brasil.

    As despesas com retirada e remessa dos lotes, são de responsabilidade dos arrematantes.

    Em caso de envio por transportadoras, esta deverá ser providenciada pelo Arrematante.