Lote 7
Carregando...

Tipo:
Prata de Lei

ULISSES (ODISSEU) E A NINFA CALYPSO NA ILHA DE OGIGIA GRANDE CAIXA COFRE EM PRATA DE LEI COM INTERIOR REMATADO EM VERMEIL. MARCAS DE CONTRASTE LUA E COROA PARA ALEMANHA E TAMBÉM MARCAS DO PRATEIRO. EXTERIOR DECORADO EM RELEVO A TODA VOLTA COM GUIRLANDAS VEGETALISTAS, CONTENDO RESERVAS COM TOCHAS CRUZADAS E FLECHAS TAMBÉM CRUZADAS SIMBOLOS DO AMOR DO HERÓI COM A NINFA E DO HEROÍSMO DO GUERREIRO. A TAMPA BASCULANTE TEM RICA RECORAÇÃO RELEVADA COM MOLDURA SEGUINDO A TEMÁTICA DAS LATERAIS E AO CENTRO MAGNIFICA RESERVA CONTENDO A REPRESENTAÇÃO DE ULISSES E DA NINFA CALYPSO. ODISSEU É SERVIDO POR UMA SERVA ENQUANTO SE DIRIJE A CALYPSO ACOMPANHADA POR OUTRA SERVENTE. A CENA AINDA TEM UM OUTRO PERSONAGEM, UMA CRIANÇA, TRATA-SE DE LATINO FILHO DE ODISSEU E CALYPSO. EM TORNO DE ULISSES JARROS E OUTRAS RIQUEZAS OFERECIDAS POR CALYPSO PARA SEDUZIR ODISSEU. A MAIOR OFERTA QUE ELA LHE FEZ FOI COMO FILHA DE ATLAS, CONCEDER AO HERÓI IMORTALIDADE PARA QUE FICASSE COM ELA PELA ETERNIDADE. BELISSIMA CAIXA! 20 CM DE DIAMETRO. 655 G.NOTA: Uma das ninfas do mar da Oceanides, Calypso era filha do deus titã Atlas e sua mãe era Tethys. Seu nome está relacionado com a palavra grega para ocultar e ela simbolizava as forças que desviam os homens de seus objetivos. O mito grego de Calipso e Odisseu (Ulisses) é repleto de intrigas e momentos de sedução. Calipso, na mitologia grega, seduziu Odisseu e o manteve por anos longe de sua esposa, Penélope, até que Atena interveio; eventualmente Calypso teve que deixá-lo ir e até o ajudou a construir seu barco. Calypso viveu em Ogígia , onde foi expulsa como prisioneira porque apoiou o pai nas batalhas entre titãs e olímpicos. Ainda não se sabe onde ficava a ilha e há muitas versões de sua possível localização. A história de Calipso e Odisseu em Ogígia foi introduzida por Homero e a crença comum entre muitos historiadores e estudiosos é que as localizações de Homero eram em sua maioria fictícias, míticas, então esta também era. Alguns acreditavam que a ilha estava localizada no oeste do mar Mediterrâneo, ou mais precisamente - no mar Jônico. De qualquer forma, na ilha Ogígia, Calipso deu as boas-vindas ao exausto herói grego, Odisseu, que ficou nove dias à deriva em mar aberto depois de perder seu navio e seu exército para os monstros da Itália e da Sicília ao voltar de Tróia. A mítica Calipso se apaixonou por Odisseu e queria torná-lo seu marido imortal e dar-lhe a juventude eterna. Mas Odisseu não aceitou sua generosidade - ele estava sonhando em voltar para sua Ítaca e sua esposa. Calipso estava tão apaixonada por ele que, apesar de sua recusa em suas ofertas, ela continuou esperando e seduzindo Odisseu. Eventualmente, ela o fez seu amante. Eles viveram juntos por sete anos em sua ilha paradisíaca e, de acordo com Apolodoro, Calipso deu a Odisseu um filho, Latino. Se a deusa Atena não tivesse pedido a Zeus para salvar Odisseu de Ogígia e Calipso, ele continuaria envolvido na aura da ninfa ? Zeus enviou o mensageiro dos deuses, Hermes, para persuadir Calipso a deixar Odisseu partir. Calypso não podia recusar Zeus, o Rei dos deuses, mas estando um pouco com medo dos poderes de Zeus, um tanto zangada por sua perda por vir, ela tinha algo a dizer a Hermes: "Criatura cruel você é, incomparável nos ciúmes, vocês, deuses, que não suportam deixar uma deusa dormir com um homem, mesmo que seja feito sem ocultação (encanto) e ela o tenha escolhido como seu consorte legítimo. (Homer, Odyssey 5.120). Então, ela ajudou Odisseu a construir o barco que o levaria de volta para sua esposa e sua Ítaca. Ela forneceu comida e vinho suficientes para a longa jornada e bons ventos. Calipso, que acreditava ter salvado Odisseu, depois de perder seu amante de sete anos, tentou se matar. Mas sendo imortal, ela só passou por dores e sofrimentos terríveis.

Peça

Visitas: 70

Tipo: Prata de Lei

ULISSES (ODISSEU) E A NINFA CALYPSO NA ILHA DE OGIGIA GRANDE CAIXA COFRE EM PRATA DE LEI COM INTERIOR REMATADO EM VERMEIL. MARCAS DE CONTRASTE LUA E COROA PARA ALEMANHA E TAMBÉM MARCAS DO PRATEIRO. EXTERIOR DECORADO EM RELEVO A TODA VOLTA COM GUIRLANDAS VEGETALISTAS, CONTENDO RESERVAS COM TOCHAS CRUZADAS E FLECHAS TAMBÉM CRUZADAS SIMBOLOS DO AMOR DO HERÓI COM A NINFA E DO HEROÍSMO DO GUERREIRO. A TAMPA BASCULANTE TEM RICA RECORAÇÃO RELEVADA COM MOLDURA SEGUINDO A TEMÁTICA DAS LATERAIS E AO CENTRO MAGNIFICA RESERVA CONTENDO A REPRESENTAÇÃO DE ULISSES E DA NINFA CALYPSO. ODISSEU É SERVIDO POR UMA SERVA ENQUANTO SE DIRIJE A CALYPSO ACOMPANHADA POR OUTRA SERVENTE. A CENA AINDA TEM UM OUTRO PERSONAGEM, UMA CRIANÇA, TRATA-SE DE LATINO FILHO DE ODISSEU E CALYPSO. EM TORNO DE ULISSES JARROS E OUTRAS RIQUEZAS OFERECIDAS POR CALYPSO PARA SEDUZIR ODISSEU. A MAIOR OFERTA QUE ELA LHE FEZ FOI COMO FILHA DE ATLAS, CONCEDER AO HERÓI IMORTALIDADE PARA QUE FICASSE COM ELA PELA ETERNIDADE. BELISSIMA CAIXA! 20 CM DE DIAMETRO. 655 G.NOTA: Uma das ninfas do mar da Oceanides, Calypso era filha do deus titã Atlas e sua mãe era Tethys. Seu nome está relacionado com a palavra grega para ocultar e ela simbolizava as forças que desviam os homens de seus objetivos. O mito grego de Calipso e Odisseu (Ulisses) é repleto de intrigas e momentos de sedução. Calipso, na mitologia grega, seduziu Odisseu e o manteve por anos longe de sua esposa, Penélope, até que Atena interveio; eventualmente Calypso teve que deixá-lo ir e até o ajudou a construir seu barco. Calypso viveu em Ogígia , onde foi expulsa como prisioneira porque apoiou o pai nas batalhas entre titãs e olímpicos. Ainda não se sabe onde ficava a ilha e há muitas versões de sua possível localização. A história de Calipso e Odisseu em Ogígia foi introduzida por Homero e a crença comum entre muitos historiadores e estudiosos é que as localizações de Homero eram em sua maioria fictícias, míticas, então esta também era. Alguns acreditavam que a ilha estava localizada no oeste do mar Mediterrâneo, ou mais precisamente - no mar Jônico. De qualquer forma, na ilha Ogígia, Calipso deu as boas-vindas ao exausto herói grego, Odisseu, que ficou nove dias à deriva em mar aberto depois de perder seu navio e seu exército para os monstros da Itália e da Sicília ao voltar de Tróia. A mítica Calipso se apaixonou por Odisseu e queria torná-lo seu marido imortal e dar-lhe a juventude eterna. Mas Odisseu não aceitou sua generosidade - ele estava sonhando em voltar para sua Ítaca e sua esposa. Calipso estava tão apaixonada por ele que, apesar de sua recusa em suas ofertas, ela continuou esperando e seduzindo Odisseu. Eventualmente, ela o fez seu amante. Eles viveram juntos por sete anos em sua ilha paradisíaca e, de acordo com Apolodoro, Calipso deu a Odisseu um filho, Latino. Se a deusa Atena não tivesse pedido a Zeus para salvar Odisseu de Ogígia e Calipso, ele continuaria envolvido na aura da ninfa ? Zeus enviou o mensageiro dos deuses, Hermes, para persuadir Calipso a deixar Odisseu partir. Calypso não podia recusar Zeus, o Rei dos deuses, mas estando um pouco com medo dos poderes de Zeus, um tanto zangada por sua perda por vir, ela tinha algo a dizer a Hermes: "Criatura cruel você é, incomparável nos ciúmes, vocês, deuses, que não suportam deixar uma deusa dormir com um homem, mesmo que seja feito sem ocultação (encanto) e ela o tenha escolhido como seu consorte legítimo. (Homer, Odyssey 5.120). Então, ela ajudou Odisseu a construir o barco que o levaria de volta para sua esposa e sua Ítaca. Ela forneceu comida e vinho suficientes para a longa jornada e bons ventos. Calipso, que acreditava ter salvado Odisseu, depois de perder seu amante de sete anos, tentou se matar. Mas sendo imortal, ela só passou por dores e sofrimentos terríveis.

Informações

Lance

    • 6 lance(s)

    • R$ 2,410.00

  • Lote Vendido
Termos e Condições
Condições de Pagamento
Frete e Envio
  • TERMOS E CONDIÇÕES

    1ª. As peças que compõem o presente LEILÃO, foram cuidadosamente examinadas pelos organizadores que, solidários com os proprietários das mesmas, se responsabilizam por suas descrições.

    2ª. Em caso eventual de engano na autenticidade de peças, comprovado por peritos idôneos, e mediante laudo assinado, ficará desfeita a venda, desde que a reclamação seja feita em até 5 dias após o término do leilão. Findo o prazo, não será mais admitidas quaisquer reclamação, considerando-se definitiva a venda.

    3ª. As peças estrangeiras serão sempre vendidas como Atribuídas.

    4ª. O Leiloeiro não é proprietário dos lotes, mas o faz em nome de terceiros, que são responsáveis pela licitude e desembaraço dos mesmos.

    5ª. Elaborou-se com esmero o catálogo, cujos lotes se acham descritos de modo objetivo. As peças serão vendidas NO ESTADO em que foram recebidas e expostas. Descrição de estado ou vícios decorrentes do uso será descrito dentro do possível, mas sem obrigação. Pelo que se solicita aos interessados ou seus peritos, prévio e detalhado exame até o dia do pregão. Depois da venda realizada não serão aceitas reclamações quanto ao estado das mesmas nem servirá de alegação para descumprir compromisso firmado.

    6ª. Os leilões obedecem rigorosamente à ordem do catalogo.

    7ª. Ofertas por escrito podem ser feitas antes dos leilões, ou autorizar a lançar em seu nome; o que será feito por funcionário autorizado.

    8ª. Os Organizadores colocarão a título de CORTESIA, de forma gratuita e confidencial, serviço de arrematação pelo telefone e Internet, sem que isto o obrigue legalmente perante falhas de terceiros.

    8.1. LANCES PELA INTERNET: O arrematante poderá efetuar lances automáticos, de tal maneira que, se outro arrematante cobrir sua oferta, o sistema automaticamente gerará um novo lance para aquele arrematante, acrescido do incremento mínimo, até o limite máximo estabelecido pelo arrematante. Os lances automáticos ficarão registrados no sistema com a data em que forem feitos. Os lances ofertados são IRREVOGÁVEIS e IRRETRATÁVEIS. O arrematante é responsável por todos os lances feitos em seu nome, pelo que os lances não podem ser anulados e/ou cancelados em nenhuma hipótese.

    8.2. Em caso de empate entre arrematantes que efetivaram lances no mesmo lote e de mesmo valor, prevalecerá vencedor aquele que lançou primeiro (data e hora do registro do lance no site), devendo ser considerado inclusive que o lance automático fica registrado na data em que foi feito. Para desempate, o lance automático prevalecerá sobre o lance manual.

    9ª. O Organizador se reserva o direito de não aceitar lances de licitante com obrigações pendentes.

    10ª. Adquiridas as peças e assinado pelo arrematante o compromisso de compra, NÃO MAIS SERÃO ADMITIDAS DESISTÊNCIAS sob qualquer alegação.

    11ª. O arremate será sempre em moeda nacional. A progressão dos lances, nunca inferior a 5% do anterior, e sempre em múltiplo de dez. Outro procedimento será sempre por licença do Leiloeiro; o que não cria novação.

    12ª. Em caso de litígio prevalece a palavra do Leiloeiro.

    13ª. As peças adquiridas deverão ser pagas e retiradas IMPRETERIVELMENTE em até 48 horas após o término do leilão, e serão acrescidas da comissão do Leiloeiro, (5%). Não sendo obedecido o prazo previsto, o Leiloeiro poderá dar por desfeita a venda e, por via de EXECUÇÃO JUDICIAL, cobrar sua comissão e a dos organizadores.

    14ª. As despesas com as remessas dos lotes adquiridos, caso estes não possam ser retirados, serão de inteira responsabilidade dos arrematantes. O cálculo de frete, serviços de embalagem e despacho das mercadorias deverão ser considerados como Cortesia e serão efetuados pelas Galerias e/ou Organizadores mediante prévia indicação da empresa responsável pelo transporte e respectivo pagamento dos custos de envio.

    15ª. Qualquer litígio referente ao presente leilão está subordinado à legislação brasileira e a jurisdição dos tribunais da cidade de Campinas - SP. Os casos omissos regem-se pela legislação pertinente, e em especial pelo Decreto 21.981, de 19 de outubro de 1932, Capítulo III, Arts. 19 a 43, com as alterações introduzidas pelo Decreto 22.427., de 1º. de fevereiro de 1933.

  • CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

    À vista, acrescido da taxa do leiloeiro de 5 %.

    Através de depósito ou transferência bancária em conta a ser informada através do e-mail de cobrança.

    Não aceitamos cartões de crédito.

    Para depósitos em cheque, as peças serão liberadas para retirada/envio somente após a compensação.

  • FRETE E ENVIO

    Enviamos através dos Correios para todo o Brasil.

    As despesas com retirada e remessa dos lotes, são de responsabilidade dos arrematantes.

    Em caso de envio por transportadoras, esta deverá ser providenciada pelo Arrematante.